VERDADE E MEMÓRIA: A TECNOLOGIA QUE REVELA HISTÓRIAS. TERRORISMO DE ESTADO E FILIAÇÃO NA ARGENTINA CONTEMPORÂNEA (1983-2010)

Autores

  • Vinícius Parolin Wohnrath Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.22171/rej.v14i20.251

Resumo

O golpe de Estado iniciado em 1976 inaugurou a última ordem ditatorial vigente na Argentina. Conhecida pela brutalidade e desrespeito aos direitos humanos, esta fase estendeu sua atuação sobre as prerrogativas de descendência daqueles  considerados subversivos. Dados da Comissão Nacional de Desaparecimento de Pessoas (CONADEP) indicam que aproximadamente 500 recém-nascidos foram seqüestrados dos braços e ventres de presas políticas – posteriormente  assassinadas ou desaparecidas – e entregues em adoção para famílias simpatizantes do regime militar. Porém, entre 1983 e  2010 a atuação das Abuelas de Plaza de Mayo (grupo de avós das crianças apoderadas) forçou tentativas de re-estabelecimento da verdade genética dos netos usurpados.  Nesse contexto, como desvendar essas histórias de vida? A criação do Banco Nacional de Dados Genéticos (BNDG) serviu a esse processo, mas, como reconstituir dentro de Tribunais vidas interrompidas e redirecionadas? Quais os desafios enfrentados pelo Direito – a balança entre as verdades biológica e afetiva? Utilizando o método sócio-jurídico, esta proposta agrega aos  estudos sobre memória e justiça na América Latina dos sécs. XX e XXI a perspectiva da relação entre o Direito e as tecnologias de identificação humana.

Downloads

Publicado

2011-02-01

Como Citar

WOHNRATH, V. P. VERDADE E MEMÓRIA: A TECNOLOGIA QUE REVELA HISTÓRIAS. TERRORISMO DE ESTADO E FILIAÇÃO NA ARGENTINA CONTEMPORÂNEA (1983-2010). Revista de Estudos Jurídicos da UNESP, Franca, v. 14, n. 20, 2011. DOI: 10.22171/rej.v14i20.251. Disponível em: https://seer.franca.unesp.br/index.php/estudosjuridicosunesp/article/view/251. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Cidadania Social e Econômica e Sistemas Normativos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Obs .: Este plugin requer que pelo menos um plugin de estatísticas / relatório esteja ativado. Se seus plugins de estatísticas fornecerem mais de uma métrica, selecione também uma métrica principal na página de configurações do site do administrador e / ou nas páginas de configurações do gerente da revista.