IMIGRANTES BOLIVIANAS EM SÃO PAULO: CONDIÇÕES DE VIDA E TRABALHO

Autores

  • Vanessa Gomes Zanella Instituto de Relações Internacionais Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22171/rej.v19i29.1767

Resumo

O presente artigo tem como objetivo evidenciar as condições de vida e de trabalho de imigrantes bolivianas na cidade de São Paulo, estudando os fatores impulsionantes do movimento e atuais tendências das migrações internacionais no sul global e no Brasil, mas também, e principalmente, as particularidades da inserção social e laboral de mulheres bolivianas na sociedade paulistana, analisada a partir da perspectiva de gênero. Nota-se que a experiência migratória se dá de forma muito distinta entre mulheres e homens, e neste caso específico – de mulheres, indígenas e bolivianas – há uma sobreposição de desigualdades que as tornam particularmente vulneravéis, ainda mais em um contexto de ausência de uma politica migratória consistente. Assim, faz-se necessária uma reformulação do serviço público voltado a esta população, que seja mais inclusivo, ao mesmo tempo em que considere as particularidades deste grupo social.

Biografia do Autor

Vanessa Gomes Zanella, Instituto de Relações Internacionais Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Bacharela em Relações Internacionais pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho, - UNESP, Campus de Franca. Mestra em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC/Rio. Possui pesquisa na área de Relações Internacionais com ênfase em migrações internacionais e questões de gênero na América Latina, atuando principalmente nos seguintes temas: imigração feminina, imigração na América Latina, trabalho, globalização e movimentos sociais.

Downloads

Publicado

2016-05-19

Como Citar

ZANELLA, V. G. IMIGRANTES BOLIVIANAS EM SÃO PAULO: CONDIÇÕES DE VIDA E TRABALHO. Revista de Estudos Jurídicos da UNESP, Franca, v. 19, n. 29, 2016. DOI: 10.22171/rej.v19i29.1767. Disponível em: https://seer.franca.unesp.br/index.php/estudosjuridicosunesp/article/view/1767. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Cidadania Social e Econômica e Sistemas Normativos