Uma escola do tamanho do Brasil: a institucionalização do prouni como forma de democratizar o acesso ao ensino universitário

Autores

  • Virgínia Juliane Adami Paulino Usp

DOI:

https://doi.org/10.22171/rej.v19i29.1567

Resumo

Resumo

O estudo do Programa Universidade para Todos – PROUNI será o foco desta pesquisa que traz consigo o objetivo de concebê-lo como política pública de acesso à educação superior. Sua institucionalização que se deu mediante a Lei de nº 11.096, de 13/01/2005, é consequência de um contexto político planejado pelo Ministério da Educação, no Governo Lula, que visava à inclusão de parcela expressiva da sociedade civil para a qual o acesso ao ensino superior afigurava-se como muito difícil, um estímulo à desistência, diante da concorrência aluno/vaga numa Universidade pública e da igualmente altíssima somatória de parcelas a serem pagas num curso privado. Diante deste quadro fático, a proposta deste artigo é então de compreender a estratégia de implantação desta política pública, seu funcionamento, os benefícios reais que trouxe para a sociedade civil e os desafios que ainda precisará enfrentar.

 

Palavras-chave: Prouni – política pública – educação superior – institucionalização 

Downloads

Publicado

2016-05-19

Como Citar

PAULINO, V. J. A. Uma escola do tamanho do Brasil: a institucionalização do prouni como forma de democratizar o acesso ao ensino universitário. Revista de Estudos Jurídicos da UNESP, Franca, v. 19, n. 29, 2016. DOI: 10.22171/rej.v19i29.1567. Disponível em: https://seer.franca.unesp.br/index.php/estudosjuridicosunesp/article/view/1567. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Cidadania Social e Econômica e Sistemas Normativos